SBT FÃ

COMPARTILHANDO COM VOCÊS AS NOTÍCIAS DO SBT!

16 de abril de 2015

Novelas mexicanas batem recorde e encostam na Globo; confira as principais audiências do SBT nesta quarta (15/04)

Os dramalhões exibidos pelo SBT à tarde bateram recorde ontem (15) e encostaram na Globo. A novela mexicana Coração Indomável registrou 9,8 pontos na Grande SP e ficou a três do jogo entre Paris Saint-Germain e Barcelona, pela Liga dos Campeões da Europa (13,1). Antes, a reprise de Maria Esperança (2007) marcou 8,2 e se aproximou de O Rei do Gado (11,4).

Confira abaixo as principais audiências da emissora na quarta-feira (15/04):.

Jornal do SBT Manhã: 2,5

Carrossel Animado: 2,7

Bom Dia e Cia.: 6,2

As Visões da Raven: 8,6

Casos de Família: 7,2

Maria Esperança: 8,2

Coração Indomável: 9,8

A Usurpadora: 7,4

Patrulha Salvadora: 6,1

Chaves: 6,7

SBT Brasil: 5,8

Chiquititas: 12,0

Carrossel: 13,3

Roda a Roda: 8,3

Programa do Ratinho: 5,9

The Noite: 3,5

Jornal do SBT: 2,1

Okay Pessoal: 1,9

Chef de cozinha Carlos Bertolazzi tem participação ativa em todo o processo de produção da segunda temporada de "Cozinha Sob Pressão”

Carlos Bertolazzi tem participado ativamente de todo o processo da segunda temporada de “Cozinha Sob Pressão”. O chef está atento a detalhes da produção e fez questão de escalar os garçons de seu restaurante para atuarem na prova onde os pratos são avaliados. Bertolazzi acredita que os profissionais já estão acostumados com seu processo de avaliação e ajudarão a colher informações importantes para definir eliminações e premiações.

A nova temporada de “Cozinha Sob Pressão” contará com um cenário maior e mais moderno, que foi montado nos estúdios Hangar, produtora instalada no centro de São Paulo. Os 16 participantes ficarão confinados num hotel sem telefone, internet e televisão e até quatro deles poderão ser eliminados na mesma noite. “Cozinha sob Pressão” será exibidos aos sábados e vai concorrer diretamente com “Babilônia” e “Programa da Sabrina”. O horário não foi escolhido à toa. A crise de audiência da novela da Globo pode ajudar os concorrentes.

TVs investem uma fortuna em instituto de pesquisas e se esquecem de produzir; entenda

SBT, da Record, Rede TV! e Bandeirantes, que unidas investiram cerca de US$ 130 milhões na alemã GfK
Fica complicado entender o comportamento do SBT, da Record, Rede TV! e Bandeirantes, que unidas investiram cerca de US$ 130 milhões para tornar possível a chegada da alemã GfK ao Brasil. Dinheiro que não acaba mais, especialmente no caso de algumas com sérias dificuldades financeiras.

Mas o que mais salta aos olhos é que todas, diante do problema, estão unicamente preocupadas com o fim sem se preocuparem com os meios. Para alcançar bons resultados de audiência é necessário fazer por onde. Antes de se preocupar em trazer uma nova empresa de pesquisas, não seria mais lógico e natural investir em produção? Ou pensam que a GfK vai fazer cair esses pontos do céu?

Todas as experiências passadas mostram o contrário. Silvio Santos, em uma primeira tentativa, tirou gente do Ibope quando brigou com a empresa e montou uma equipe de pesquisa. Os resultados apresentados foram absolutamente parecidos. Depois veio o "afonsimêtro", o Datanexus, desenvolvido pelo engenheiro Alfonso Aurim, também às custas do SBT, que acabou "incendiado" diante da sua inutilidade. Ganhar audiência no grito ninguém vai. É preciso fazer por merecer.

Naiumi Goldoni, a Gabi, de "Chiquititas" se casa na vida real; veja fotos

O fim de semana foi de festa para o elenco de Chiquititas. Alguns dos atores se reuniram no estado do Rio Grande do Sul para celebrar o casamento de Naiumi Goldoni, que faz a Gabi. Veja fotos:

Eliana tieta Gisele Bündchen após desfile que encerrou a carreira da top

Após 20 anos de muito trabalho, as passarelas não fazem mais parte da rotina de Gisele Bündchen. A noite desta quarta, 15 de abril, marcou o encerramento da carreira da top. Ela desfilou durante a São Paulo Fashion Week para a marca Colcci, que fez questão de homenagear a modelo.

Eliana marcou presença nos bastidores do desfile e fez questão de registrar o encontro com a top. "Precisa dizer alguma coisa?", escreveu a apresentadora sobre o encontro em sua conta no Instagram.

Apesar da distância das passarelas, Gisele garante que seguirá trabalhando na indústria da moda.

Veja a selfie da dupla:

Minutos antes de seu último desfile, Gisele lembrou o início de sua carreira:

"Sou muito grata por ter tido a oportunidade, aos 14 anos, de iniciar esta jornada. Hoje, após 20 anos nesta carreira, é um privilégio estar fazendo meu último desfile por escolha própria e ainda continuar trabalhando em outras facetas da indústria. #primeirodesfile #14anos"

Com suspeita de dengue, Gentili cancela gravações do The Noite

Com suspeita de dengue (febre alta e dores no corpo), Danilo Gentili cancelou as gravações do The Noite, seu talk show no SBT. O humorista não foi à emissora terça (14) e nem quarta (15) e está realizando exames para confirmar o diagnóstico da doença. Enquanto ele não puder apresentar o programa, o SBT exibirá material inédito engavetado. Da equipe do programa, o locutor Diguinho Coruja foi diagnosticado com a doença no último dia 8.

"Não sei se foi dengue ou doença das normais, mas a febre comeu solta. Fiquei com tanta febre que meus ovos fritaram", brincou Gentili no Twitter sobre seu estado de saúde. O SBT ainda não tem previsão para o retorno dele e de Diguinho Coruja às gravações do The Noite.

Segundo a mãe do apresentador, ele está com alguns dos sintomas de dengue, mas como tem alergia a medicamentos está se recuperando naturalmente, na casa dele. Já Diguinho apareceu no ar mesmo com dengue até segunda-feira (13), último dia das gravações.

Se a dengue for confirmada, o humorista do SBT será mais uma vítima da doença, que virou epidemia em São Paulo. Até o início de abril, mais de 8.000 casos foram confirmados na cidade e 257.809 no Estado. Em março, o jornalista Carlos Tramontina, da Globo, ficou afastado durante uma semana após ser diagnosticado com dengue.

Sheherazade é eleita a comentarista política de maior confiança entre os “anti-Dilma” e “anti-PT”

Rachel Sheherazade é eleita "musa" dos que vão às ruas contra o PT e o Governo Dilma
Pesquisa coordenada pela socióloga Esther Solano, da Unifesp, e pelo filósofo Pablo Ortellado, da USP, mostra que Rachel Sheherazade é a comentarista política preferida pela maioria dos manifestantes que marcaram presença na Avenida Paulista no último domingo, 12, em ato contra o Governo Dilma Rousseff e o Partido dos Trabalhadores (PT). O levantamento ouviu 571 manifestantes.

A âncora do “SBT Brasil” e do “Jornal da Manhã”, da rádio Jovem Pan, é confiável segundo 49.4% dos entrevistados. Na sequência aparecem Reinaldo Azevedo (39.6%) e Paulo Henrique Amorim (28.0%). Já entre os não confiáveis estão José Luiz Datena (43.8%), William Bonner (27.7%) e Luís Nassif (25.4%).

A opção por Sheherazade é justificável pela contundente postura da jornalista contra a administração federal. Dona de comentários ácidos e irônicos, Rachel costuma cravar as unhas na jugular do petismo dia sim, dia sim. No SBT, os pitacos da paraibana foram interrompidos após ordens de Silvio Santos.

Os protestantes opinaram também sobre a confiança que têm em outros setores da sociedade – imprensa, partidos, ONGs, movimentos sociais, políticos, fontes de informação e frases, como por exemplo “O PT quer implantar um regime comunista no Brasil”.

Entre os veículos de comunicação, Veja (51.8%), O Estado de S.Paulo (40.2%) e Globo News (34.5%) foram os mais bem avaliados numa escala passível de cinco opções (“não respondeu”, “confia muito”, “confia pouco”, “não confia” e “não conhece”). Já entre os poucos confiáveis aparecem “Jornal Nacional” (37.1%), carro-chefe do jornalismo da TV Globo, Carta Capital (32.6%) e “Jornal da Record” (31.1%), da TV Record.

Após derrotas para Gugu, SBT e Ratinho investem R$ 1 milhão em novas atrações

Ratinho
As derrotas sofridas nas últimas semanas para Gugu fizeram SBT e Ratinho se movimentarem para tentar reaver o quadro. Segundo o portal “UOL”, está previsto o investimento de R$ 1 milhão em novos quadros visando chamar a atenção dos telespectadores.

“O Gugu tem ganhado da gente nas quartas-feiras por conta da mudança de horário, mas nas terças empatamos ou ganhamos de pouco, ou perdemos de pouco. Já nas quintas e sextas temos ganhado. [A chegada do concorrente] deu uma chance para gente se mexer. A Record acertou na grade de programação. É muito boa, direcionada para adultos e está bem feita”, destaca Ratinho.

O profissional frisa que prefere competir com o animador ao invés de novelas, especialmente quando as mesmas fazem sucesso: “Disputar com o Gugu para mim, que sou apresentador e animador como ele, é melhor do que concorrer com uma novela. Se a novela ‘pega’ tenho mais dificuldades e acabo ficando em terceiro lugar. Como o programa dele é de variedades, hoje pode estar bem e amanhã não. Então, tenho mais chances”.

Em relação ao sensacionalismo, o contratado do SBT garante que não voltará a apelar por melhores posições no ranking. “O público é ávido por novidade, o óbvio não dá audiência. E baixaria não levanta audiência. Esse tempo já passou. Temos muitas desgraças na TV, não vou acrescentar mais uma”, avalia.

Por fim, Ratinho afirma que o dinheiro da Record vem do céu, em razão da ausência de intervalos comerciais em parte da programação da concorrente. “O Gugu também leva vantagem porque não faz intervalos. Isso porque o dinheiro da Record vem do céu, não precisam de muito dinheiro”, dispara.

PE: Em alta, Cardinot conquista liderança isolada na TV Jornal/SBT

PE: Em alta, Cardinot conquista liderança isolada na TV Jornal/SBT
Cardinot continua em alta na TV Jornal, afiliada do SBT em Pernambuco.

De volta à emissora desde o dia 16 de março, Cardinot apresenta diariamente o "Bronca Pesada" e vem conquistando grande audiência, chegando até à liderança na média.

Foi o que aconteceu na última segunda (13).

No ar das 12h10 à 13h38, o programa policial registrou 13,8 pontos de média contra 12 da Globo, que exibia trechos do "NE TV", "Globo Esporte" e "Jornal Hoje".

Já a Record teve 7 pontos com o "Balanço Geral", apresentado pelo ex-global Hugo Esteves, contratado recentemente com toda pompa.

Os números são consolidados e refletem a preferência de um seleto grupo de telespectadores da Grande Recife.

Babilônia perde audiência para SBT e Record e vê fuga de crianças

Com o pior mês de estreia de uma novela das nove da Globo (25,3 pontos na Grande São Paulo), Babilônia testemunhou uma fuga de crianças. A novela perdeu público em todas as faixas etárias e econômicas, mas a evasão de pessoas de 4 a 11 anos foi maior, segundo dados do Ibope. No horário de Babilônia, que completa 30 dias no ar hoje (16), o SBT cresceu 65% com a reprise de Carrossel (2012). Já a Record subiu 57% com o telejornal exibido após Os Dez Mandamentos.

De cada cem telespectadores do primeiro mês de Império, oito tinham de 4 a 11 anos. Em Babilônia, são apenas cinco. A nova novela das nove também perdeu representatividade entre as pessoas de 35 a 49 anos, mas, curiosamente, ganhou entre os mais velhos, com mais de 50 anos.

Entre as classes econômicas, a classe C, maior fatia da população brasileira, tem participação no ibope de Babilônia menor do que em Império (46% a 51%). A parcela de ricos e pobres, entretanto, é maior. As classes A e B representam 44% da audiência da novela, contra 41% da antecessora. As classes D e E somam 11%, ante 8% de Império.

Desde a estreia de Babilônia, em 16 de março, a rede de Silvio Santos saltou de 6,0 para 9,9 no horário da novela das nove. Na terça (14), Carrossel chegou a 14 pontos, contra 24 da trama da Globo.

Na rede de Edir Macedo, o Jornal da Record, que concorre com Babilônia, subiu 5,8 para 9,1. Cada ponto equivale a 67 mil domicílios na Grande São Paulo.

“Vídeo Show” perde a liderança e amarga segunda derrota para série do SBT nesta quarta (15/04)

Monica Iozzi e Otaviano Costa (Foto: Globo/Matheus Cabral)
O novo “Vídeo Show” registrou novamente baixos índices nesta quarta-feira (15), e continua enfrentando dificuldades para deslanchar na audiência.

De acordo com dados preliminares, a atração comandada por Monica Iozzi e Otaviano Costa ficou na vice-liderança com 8.4 pontos de média, 9.0 de pico e 20.7% de share. No mesmo horário o SBT foi líder com 8.7 pontos, a Record ocupou a terceira posição com 7.0, e a Band registrou 2.3 pontos e a quarta colocação.

Essa é a segunda vez que o programa é derrotado pela a série “As Visões da Raven” do SBT. Nesta terça-feira (14), o “Vídeo Show” perdeu para o “Balanço Geral”, da Record.

Cada ponto equivale a 67 mil domicílios na Grande São Paulo. Os dados são prévios e podem sofrer alterações no consolidado.

15 de abril de 2015

"Chiquititas" vai bem no Ibope e é vice-líder nesta terça

"Chiquititas" vai bem no Ibope e é vice-líder nesta terça
A novela "Chiquititas", depois de alguns dias, volou a ocupar o posto de vice-líder isolado na noite desta terça-feira (14) no SBT.

Em confronto com "Os Dez Mandamentos", a trama adaptada por Iris Abravanel cravou 13 pontos de média contra 12 da Record.

A Globo, no horário, marcou 22 pontos. Ou seja, apenas a Record e SBT somadas já deram mais audiência que a emissora carioca.

"Chiquititas" está no ar há quase dois anos e em grande parte dos capítulos obteve o segundo lugar com dois dígitos de média.

Em julho, o SBT estreia "Cúmplices de um Resgate", que ficará um ano no ar.

Esses dados são prévios e referem-se a um grupo de telespectadores na Grande SP.

“Quero entrevistar o Silvio”, revela Xuxa

silvio-santos-xuxa-fotos-roberto-nemanis-matheus-cabral
Xuxa Meneghel usou suas redes sociais nesta quarta-feira (15) para publicar um vídeo de Silvio Santos, que tem sido compartilhado há alguns dias entre usuários do Facebook e WhatsApp, no qual o animador faz um desabafo sobre as dificuldades que enfrentava na época da gravação do mesmo.

No comentário do post, Xuxa revelou o desejo de entrevistá-lo: “Tio Silvio, sou sua fã e admiradora, quero muito te entrevistar. Quero aprender muito na nossa conversa… topa? #queroentrevistaroSilvio”

Cabe lembrar, Marília Gabriela há anos tenta um bate-papo com o maior comunicador do Brasil, no entanto, Silvio sempre diz não. No ano passado, existia uma aposta de que Danilo Gentili conseguiria tal façanha, o que ainda não rolou.

O ‘Homem do Baú’ tem o costume de dar entrevistas curtas para os profissionais que o encontram em suas idas ao cabeleireiro Jassa. Ainda assim, nem todos têm sorte na empreitada.

SBT aproveita queda de Babilônia para 'cozinhar' a Globo aos sábados

O SBT estreia a segunda temporada do Cozinha sob Pressão no próximo dia 25 em novo horário, para bater de frente com Babilônia, novela das nove da Globo com a pior audiência da história. O reality show culinário continua aos sábados, porém muda das 18h15 para 21h30 dentro da estratégia de conquistar telespectadores da Globo e levantar a audiência da emissora no horário nobre, em que disputa ponto a ponto a vice-liderança com a Record.

A emissora fez um estudo de programação que apontou a oportunidade de crescimento de audiência na faixa das 21h15 aos sábados, quando Babilônia tem o pior desempenho. "Identificamos que o perfil do público desse programa tem mais chances de ser mais visto nessa faixa de horário", diz Glen Valente, diretor comercial e de marketing do SBT.

Durante o lançamento do programa para jornalistas, na manhã desta quarta-feira (15), o chef Carlos Bertolazzi, que comanda a atração, e Daniela Busoli, CEO da FremantleMedia (detentora do formato), ressaltaram que Cozinha sob Pressão é um programa para a família porque "não tem bunda nem sexo".

A segunda edição do reality terá mais participantes do que a anterior: aumentou de 14 para 16 cozinheiros profissionais e amadores. Outra novidade é um aplicativo para celular com receitas da atração e outras exclusivas de Carlos Bertolazzi. O download custará R$ 0,99.

A primeira edição de Cozinha Sob Pressão, em um horário considerado micado, marcou seis pontos de média na Grande São Paulo e ficou atrás da Record. Teve mais audiência do que MasterChef, da Band, porém repercutiu menos.

Patricia Abravanel apresenta seu tesouro, Pedro; veja


Uma mulher que preza por hábitos simples, como se reunir com a família e bater papo em torno de uma mesa de café da manhã, e que tem na igualdade entre as pessoas uma das maiores lições aprendidas com o pai. Uma mãe descolada, sem neuras, que quer criar o filho da maneira mais independente possível e ensiná-lo que a felicidade é um esforço pessoal e uma construção diária. Uma profissional exigente, que pretende perpetuar o legado do seu mestre. Esta é Patricia Abravanel (37), uma das herdeiras do apresentador Silvio Santos (84), ícone da TV e homem admirado em todo o País. Linda, articulada e bem-sucedida à frente do programa Máquina da Fama, do SBT, Patricia se sente, agora, ainda mais completa, serena e feliz ao lado de Pedro (7 meses), seu herdeiro com o deputado federal Fábio Faria (37). E o papel de mãe tem lhe caído muito bem.

“Estou impressionada, me achando o máximo como mãe e quero mais! Acho importante o Pedro ter um irmão”, afirma ela. “Sei que cometo erros, mas minha vontade é acertar. Quero estar o tempo todo com ele, ensinar e sentir esse amor que é o da entrega”, analisa, ao fotografar com o filho em sua casa, em São Paulo. Se Patricia encara as delícias e dores inerentes à maternidade com leveza e prazer, é possível dizer que o avô famoso se encaixa também à regra nos momentos com os netos, incluindo os filhos da irmã Daniela Beyruti (38), Manuela (1 ano e 6 meses) e Gabriel (3). Uma vez por semana, ele e a mulher, a novelista Iris Abravanel (66), aproveitam para mimar as crianças. “Minha mãe montou um parquinho em casa e eles adoram ficar com eles. Meu pai adora pegá-lo no colo e fazer mágica, bater palmas e assoprar. Ele é da comunicação”, fala, orgulhosa do clã.

Como está sua rotina agora?
Passo as manhãs com o Pedro, faço ginástica e, logo em seguida, almoçamos. À tarde, vou trabalhar. Três ou quatro vezes por semana estou na emissora, e, além de gravar o programa, também me envolvo com o planejamento de outros negócios da empresa.

Pedro é mais parecido com você ou com o Fábio?
Fisicamente, é a cara do pai! Pedro é muito bem-humorado, extrovertido, além de bastante carinhoso. Ele quase não chora. Acho que tem um pouco de nós dois.

Dói deixá-lo em casa e sair para trabalhar?
Uma vez falei: ‘A mamãe vai trabalhar’ e ele não me olhou. Aí falei, ‘Filho, olha para a mamãe!’. E ele começou a chorar... Fiquei mal! Mas depois passou e agora ele entende. Não quero ser aquela mãe que vive em função do filho porque eles crescem e deixam a gente. Quero que ele veja que sou feliz e bem resolvida, para não ser um peso para ele no futuro.

É difícil dizer ‘não’?
Acho que criança mimada e chata acaba sendo rejeitada. Não quero que ele seja assim, então falo não, porque sei que vai fazer bem a ele no futuro. Eu disciplino por amor, não para reprimir.

Seus pais o mimam muito?
As crianças têm um quartinho na casa deles e eles são os maiores incentivadores de que eu viaje com o Fábio para ficar com o Pedro. Meu pai é mais do brincar, é a parte da farra, de ‘estragar’, ele entope meus sobrinhos de chocolate. (risos) Ele gosta de dar mamadeira, mas nunca trocou fralda. Tanto ele quanto minha mãe são muito jovens e estão em uma fase de muita curtição com os netos.

Dá tempo de namorar?
Sim, acho importante os pais estarem bem, tenho esse exemplo em casa. Meus pais se amam e se curtem, com tantos anos de casados, eles se bastam. Quero ter isso com o Fabio e quero que meu filho saiba que ele não é o centro. O centro de uma família bem estruturada é o casal. E está nas mãos da mulher construir uma relação saudável com o marido.

Fonte Caras