28 de agosto de 2013

Mundo México: Ricky Martin revela que já foi homofóbico

Ricky Martin pode até ser uma celebridade  assumidamente gay agora, mas há vários anos ele fazia bullying com outros homossexuais em Porto Rico, sua terra natal. As informações são do site do Huffington Post.
O músico, de 41 anos, deu uma entrevista à revista GQ Austrália e falou sobre sua vida como um homossexual "enrustido" em San Juan, a capital do país.
“Eu estava muito bravo, muito rebelde. Olhava homens gays e pensava ‘eu não sou assim, não quero ser assim, esse não sou eu. Estava envergonhado’”, disse ele à revista.
“Quando você ouve de todos que está errado, da sociedade, da religião – minha autoestima foi abalada. Descontei minha raiva nos que estavam ao meu redor”, continuou.
“Olho para trás hoje em dia e percebo que fazia bullying nas pessoas que eu sabia que eram gays. Eu internalizei a homofobia. Perceber isso era me confrontar e eu queria fugir disso”, acrescentou.
Ricky Martin assumiu sua homossexualidade em 2010. Ele anunciou através de um post em seu site, que dizia: “Tenho orgulho em dizer que sou um homem homossexual. Sou abençoado em ser quem eu sou”.
No ano seguinte, o cantor falou com o jornal Guardian e disse que sempre odiou quando as pessoas tentavam fazê-lo sair do armário. Durante esse período, Martin continuou a questionar sua sexualidade.
Desde então, Ricky Martin apoia campanhas pelos direitos dos gays. Ele já recebeu até um prêmio pelo seu trabalho em promover a igualdade. 

Este Post é

0 Comentários:

Postar um comentário