28 de agosto de 2013

“Sessão da Tarde” vive seu pior momento de audiência e deixa concorrência crescer

A “Sessão da Tarde” já não tem o mesmo fôlego de anos anteriores e as projeções apontam que fechará 2013 com nova redução em seus índices. Do dia primeiro de janeiro a 26 de agosto, o horário de filmes vespertinos da Globo registra 11 pontos de média, a pior marca desde 2003, quando fechou o ano com 18,3 de média, o equivalente a 43% do público do horário. Atualmente, tem 28,4% de share.

A preocupação com os índices da “Sessão da Tarde” aumentou nos últimos dias, já que em várias ocasiões chegou a ficar com 9 pontos, média com apenas um dígito, algo impensável na Globo para atrações a partir do meio dia. Houve também a vitória da novela “Rubi”. Essa queda só faz aumentar a pressão para que a emissora invista nesta faixa e tente frear a perda de audiência. O fato é que, nos últimos anos a concorrência no período da tarde ficou mais acirrada com a inclusão de atrações mais populares e programas ao vivo. É bom lembrar que a “Sessão da Tarde” ainda garante a liderança à Globo, mas tem SBT e Record muito próximas na média e com algumas ultrapassagens. Uma questão importante nesta discussão é o tipo de filme exibido nesta faixa que parece já não agradar quem está em casa no horário. A Globo, que desde o início do ano já mexeu em muitas peças, precisa encontrar alguém que escolha melhor os títulos que entrarão na “Sessão da Tarde”.

Este Post é

0 Comentários:

Postar um comentário