6 de setembro de 2013

Brasil: Eike negocia reduzir sua participação na mineradora MMX

http://s2.glbimg.com/jTYdLldXJKJ_bxO6zeeihDA2LoI=/300x225/s.glbimg.com/jo/g1/f/original/2013/08/15/eike.jpg
O controlador da mineradora MMX, Eike Batista, está em negociação para potencialmente reduzir sua participação na empresa, afirmou nesta quinta-feira (5) a companhia em fato relevante.

"Existem negociações em andamento cujo estágio não confere qualquer segurança acerca da sua conclusão", disse a empresa em comunicado, acrescentando que não há qualquer documento assinado.

O empresário Eike Batista já aceitou abrir mão da sua posição de controle das suas empresas de logística LLX e de energia MPX, para honrar compromissos com credores e investidores.

De acordo com reportagem do jornal O Estado de S. Paulo, publicada nesta quinta-feira, a negociação para a venda da mineradora MMX está em fase final e propostas de até 1 bilhão de dólares foram encaminhadas para avaliação pelo grupo EBX, controlador da produtora de minério de ferro.

O modelo de venda da repetirá o usado para a empresa de energia MPX e para a companhia de logística LLX, segundo o diário.

A MMX fará um aumento de capital, segundo o jornal, sem que o empresário Eike Batista participe. Eike abriria mão de seu direito de preferência na operação em nome do grupo investidor e deixará o controle da MMX, acrescentou o jornal.

Venda na OGX

Na quarta, a petroleira OGX informou que Eike vendeu 177,2 milhões de ações de emissão da companhia nos últimos dias, representando 5,49% do capital social da empresa, segundo comunicado.

A companhia informa que as vendas de ações da fatia de Eike na empresa não têm objetivo de mudar o controle da empresa. Eike, segundo o comunicado, mantém inalterada sua posição de acionista controlador da companhia com participação acima de 50,01%.

No fim de agosto, o empresário já havia vendido 49,8 milhões de ações da OGX, ou 1,54% do capital da empresa.

Este Post é

0 Comentários:

Postar um comentário