5 de setembro de 2013

Brasil: Lemann é o único brasileiro entre os 50 mais influentes da Bloomberg

http://s2.glbimg.com/rR5n8kUWYOBzXOrTbbGyKrLsGMM=/s.glbimg.com/jo/g1/f/original/2013/09/04/lemann.jpg 
O empresário Jorge Paulo Lemann é o único brasileiro na lista dos 50 mais influentes do mundo financeiro, segundo a Bloomberg.

Lemann também é o brasileiro mais rico com patrimônio de US$ 20,5 bilhões, segundo a Bloomberg. No ranking de bilionários o investidor controlador da Anheuser-Busch InBev, e o banqueiro José Safra são os únicos brasileiros que figuram entre as 100 maiores fortunas do mundo, de acordo com dados desta quarta.

O empresário está na 31ª posição e Safra na 83ª posição, com patrimônio avaliado em US$ 12 bilhões.

Dono do fundo 3G Capital, comprou a fábrica de catchup Heinz em parceria com a Berkshire Hathaway, de Warren Buffet. O megainvestidor, que também está na lista dos mais influentes no mundo, disse que estava disposto a pagar mais pela Heinz por causa de dos "gestores extraordinários" do 3G Capital, segundo a Bloomberg.

Buffet é um dos poucos a fazer parte da lista nos últimos três anos seguidos.

Lista

A lista divulgada no site da Bloomberg é uma prévia da que será publicada na edição de outubro da revista "Bloomberg Markets" e não traz a posição ocupada pelos participantes do ranking.

A busca por candidatos para a lista é feita com base no conhecimento de repórteres e editores dos 146 escritórios da Bloomberg ao redor do mundo e com a ajuda dos ranking publicados ao longo do ano.

Os influentes foram agrupados em cinco categorias: banqueiros, políticos, gerentes, corretores e pensadores. Como nos anos anteriores, foram excluídos chefes de governo, favorecendo "funcionários de gabinete, reguladores e banqueiros centrais que realmente fazem as coisas acontecerem", diz a Bloomberg.

Estão na lista também o prêmio nobel de economia Paul Krugman, a presidente do Yahoo! Marissa Mayer e o fundador da Amazon, Jeff Bezos.

Marissa Mayer é apontada porque as ações subiram cerca de 80% a partir do dia em que ela foi contratada, em meados de agosto, com o otimismo de que a executiva tem um plano para o crescimento. A comprar do Tumblr trouxe de volta a a expectativa na empresa.

Jeff Bezos é destaque não só pela Amazon, mas por estar adquirindo o Washington Post.

O ranking traz também o co-fundador da BlackRock, maior gestora de recursos do mundo, com US$ 3,9 trilhões em ativos, Larry Fink. Janet Yellen, vice-presidente do BC dos EUA, cotada para a presidência da instituição é outra dos 50 listados.

Mario Draghi, presidente do Banco Central Europeu, e Jacob Lew, secretário do Tesouro dos EUA, também fazem parte do ranking.

Este Post é

0 Comentários:

Postar um comentário