13 de setembro de 2013

Justiça autorizou “Pânico” a imitar Silvio Santos, mas ainda não retomaram o personagem

http://rd1.ig.com.br/wp-content/uploads/2013/09/silvios.jpg 
Um antigo imbróglio judicial que perdura até hoje azedou a outrora cordial relação entre Silvio Santos e a trupe do “Pânico na Band”.

O animador se indignou ao ter sua voz ‘dublada’ pelos humoristas, que afirmaram que Silvio falou um palavrão, e, desde então, tem travado uma batalha jurídica contra o programa. A Justiça já determinou que Silvio seja indenizado pelo episódio e o apresentador conseguiu proibir que o humorista Ceará o imitasse. Na ocasião, em mais uma brincadeira polêmica, o “Pânico” chegou a promover o ‘enterro’ do personagem.

O que antes, porém, era prioridade, parece ter se tornado mera opção. De acordo com a colunista Keila Jimenez, o “Pânico” já recebeu há um mês uma nova autorização da Justiça e Ceará já poderia ter voltado a encarnar o cover de Silvio, personagem que o consagrou.

O humorístico, no entanto, ainda não demonstrou interesse em pôr a liberação em prática e ressuscitar o personagem. A atitude, que pode à primeira vista parecer um boicote ou uma represália a Silvio Santos, é justificada com simplicidade pela equipe da atração, que afirma que o programa, lotado de quadros, estaria sem tempo disponível para dar um novo ao personagem.

A qualquer momento, no entanto, o dentuço Silvio Santos interpretado Ceará pode ressurgir no ar e ao verdadeiro Silvio caberá recorrer novamente a seus advogados.

Este Post é

0 Comentários:

Postar um comentário