17 de setembro de 2013

Mundo: China mantém pena de 13 anos a político flagrado em vídeo pornô; Veja

Um tribunal superior da cidade de Chongqing, na China, confirmou nesta terça-feira (17) a pena de 13 anos de prisão o ex-alto funcionário regional Lei Zhengfu por corrupção, cujo caso ficou conhecido após ele ter protagonizado um vídeo de conteúdo sexual.

 Lei Zhengfu ficou conhecido após ele ter protagonizado um vídeo de conteúdo sexual (Foto: Reprodução/Jdwsy) Lei Zhengfu ficou conhecido após ele ter protagonizado um vídeo de conteúdo sexual (Foto: Reprodução/Jdwsy)
Acusado de receber mais de 3 milhões de iuanes em propina (R$ 1,1 milhão), Lei Zhengfu, de 55 anos e ex-secretário do Partido Comunista da China (PCCh) no distrito de Beibei, também terá que pagar uma multa de 300 mil iuanes (R$ 111 mil).
O escândalo ficou conhecido em novembro do ano passado, quando começou a circular na internet um vídeo no qual era possível ver Lei Zhengfu mantendo relações com Zhao Hongxia, mulher que foi usada como isca por um empresário local.
A mulher tinha sido contratada por uma empresa de construção que esperava conseguir uma licença rapidamente e gratuita. Zhao seduziu Lei Zhengfu, gravou ocultamente seus atos sexuais e depois os vídeos foram usados como ferramentas de extorsão.
Durante o julgamento, Lei garantiu que não recebeu suborno e que, com relação ao polêmico vídeo, "mantinha uma relação genuinamente amorosa" com Zhao Hongxia, que tinha então 18 anos.
Lei Zhengfu, ex-chefe do Partido Comunista do distrito Beibei, foi condenado a 13 anos de cadeia (Foto: AP Photo)

Este Post é

0 Comentários:

Postar um comentário