16 de outubro de 2013

SBT já negocia pacote de filmes alternativos para o ano que vem


http://www.noticiasdatv.com.br/application/public/img/noticias/625_315_1381956300bastardos.jpeg
O SBT já está negociando com distribuidoras independentes um pacote de filmes para 2014.

O atual contrato com a Warner, parceira da emissora há 15 anos, vence no final deste ano e não será renovado nas mesmas bases.

O SBT está tentando trocar o modelo de "output deal", em que compra tudo o que a Warner distribui no Brasil, por um contrato de "volume deal", em que ela escolhe os filmes, séries e desenhos que comporão o pacote.

Com o novo acordo, o SBT irá economizar alguns milhões de reais (estima-se que a emissora gasta cerca de R$ 30 milhões por ano com a Warner), mas perderá exclusividade. A Warner poderá negociar parte de seu acervo com Globo, Record e Band.

Para complementar o eventual novo pacote da Warner e para ter alternativas na hipótese de não chegar a nenhum acordo com a multinacional, o SBT já negocia com distribuidoras de filmes independentes, segundo José Roberto Maciel, vice-presidente da emissora.

Foi apurado que o SBT também negocia com a Fox, que tem acordo que prioriza a Globo, mas sem exclusividade.

De acordo com Maciel, as novas janelas de exibição (TV por assinatura, Netflix) e a pirataria tiraram relevância dos filmes na TV aberta, que já não dão mais a audiência de dez anos atrás. E, pelo acordo com a Warner, o SBT compra muita coisa que não exibe. "Hoje não podemos nos dar ao luxo de perder conteúdo", diz.

Entre as distribuidoras de filmes independentes em atuação no Brasil estão a Europa Filmes e a Imovision. São empresas que trazem ao país longas alternativos, muitos produzidos na América Latina, Europa e Ásia. Mas há títulos que têm algum apelo de audiência, caso da comédia inglesa A Filha do Meu Melhor Amigo (Europa Filmes), com Hugh Laurie (da série House), e o inédito drama Bastardos (Imovision), da diretora francesa Claire Denis.

Este Post é

0 Comentários:

Postar um comentário