3 de outubro de 2013

Vice-liderança na TV em São Paulo não é da Record, nem do SBT; Entenda

Engana-se quem pensa que a vice-liderança na televisão brasileira é disputada minuto-a-minuto pela Record e SBT. Tirando o período da manhã, nas demais faixas do dia, os OCNs (TV por assinatura, UHF, games, DVS e internet conectada à TV) já ocupam o segundo lugar no ranking das audiências. E há um agravante: a cada mês aumenta a média dos OCNs.

O crescimento da audiência dos “outros canais” preocupa muitos executivos das principais emissoras, principalmente Record e SBT, já que se trata de um elemento diferente nessa guerra numérica. Há quem afirme que as TVs abertas pouco podem fazer para conter a fuga de público para os canais por assinatura e outras plataformas porque essas pessoas estão decididas, pelo menos no momento do zapping, a acompanhar algo diferente. Como há grande variedade de atrações na TV por assinatura , depois que o público vai atrás de algo, demora mais para retornar à grade das tradicionais TVs abertas.

AUDIÊNCIA DE SETEMBRO/SÃO PAULO

Média/Dia (07h às 23h59)

Globo: 14.4
OCNs: 7.1
Record: 6.6
SBT: 5.5
Band: 2.5
Rede TV: 0.9

Média/manhã (06h às 12h)

Globo: 6.9
Record: 5.0
OCNs: 4.6
SBT: 3.6
Band: 1.0
Rede TV: 0.6

Média/Tarde (12h às 18h)

Globo: 11.7
OCNs: 6.8
SBT: 5.9
Record: 5.7
Band: 2.8
Rede TV: 0.6

Média/Noite (18h à 00h)

Globo: 23.5
OCNs: 9.4
Record: 8.9
SBT: 6.8
Band: 3.5
Rede TV: 1.3

Este Post é

0 Comentários:

Postar um comentário