28 de novembro de 2014

Aos prantos, ator de Seu Barriga lamenta morte de criador de Chaves

Intérprete do Seu Barriga, Edgar Vivar despediu-se aos prantos de Roberto Gómez Bolaños, o criador do Chaves, morto nesta sexta-feira (28) em Cancún, no México. O ator foi entrevistado por telefone pela Televisa, mas estava muito emocionado e não pôde terminar o adeus ao amigo. Outros atores de Chaves e o presidente do México, Enrique Peña Nieto, também lamentaram a morte do comediante.

"Recordo [Roberto Gómez Bolaños] sempre com um sorriso e um brilho nos olhos. Agradeço a Deus pelo trabalho que fez", disse na Televisa Edgar Vivar, ofegante e sem conseguir conter as lágrimas. No Twitter, o ator disse que Chaves continuará em seu coração.

"Roberto, não se vá, permanece em meu coração e em todos os corações de tantos que nos fizeram felizes. Adeus, Chaves, até sempre", escreveu na rede social.

Maria Antonieta de las Nieves, a Chiquinha, também publicou no Twitter uma mensagem de despedida a Roberto Gómez Bolaños. "Obrigado por ter feito tanta gente feliz e pelos maravilhosos momentos que compartilhamos no grupo. Descanse em paz, Roberto", escreveu.

Ricardo de Pascual, que interpretou Senhor Calvillo, Senhor Furtado e outros personagens secundários de Chaves, escreveu em sua página no Facebook que a memória de Chespirito, como Bolaños é conhecido, estará viva: "Aqui vamos sentir sua falta. Enquanto te recordemos, viverá, amigo".

Graciela Gómez, filha de Roberto Gómez Bolaños, publicou no Instagram uma faixa preta de luto. O comediante deixa seis filhos, todos do primeiro casamento com Graciela Fernández, morta em 2013.

Presidente do México, Enrique Peña Nieto lamentou no Twitter a morte de Roberto Gómez Bolaños e reconheceu a importância do comediante para a cultura mexicana: "Lamento profundamente o falecimento de Don Roberto Gómez Bolaños, Chespirito. Minhas condolências à sua família. México perdeu um ícone, cujo trabalho transcendeu gerações e fronteiras".

O comediante Roberto Gómez Bolaños, criador do Chaves, morreu nesta sexta-feira (28), aos 85 anos. A morte do ator e escritor foi confirmada pela emissora mexicana Televisa, que interrompeu a programação para exibir um especial com os melhores momentos da carreira do humorista. O SBTexibiu um especial sobre Bolaños, gravado no final do ano passado.

Bolaños vivia isolado em Cancún, cidade litorânea do México, com a mulher, Florinda Meza, a Dona Florinda da série Chaves. O comediante tinha problemas respiratórios e de locomoção, e estava desde o final do ano passado respirando com um cilindro de oxigênio.

Este Post é

0 Comentários:

Postar um comentário