28 de novembro de 2014

Comediante Roberto Bolaños era curinga de Silvio Santos

"Chaves" até hoje é "salvador da pátria" na programação do SBT
Durante anos, o comediante Roberto Bolaños, criador de personagens como Chaves e Chapolin, morto nesta sexta-feira (28) aos 85 anos, funcionou como uma espécie de curinga para Silvio Santos no SBT.

Quando um determinado programa, recém-implantado, começava a dar sustos na audiência, derrubando horários na emissora, já se falava que o Chaves estava no aquecimento para entrar no seu lugar.

E de fato, nesses anos todos, a coisa funcionou assim: o  "Chaves" até hoje aparece como "salvador da pátria", para corrigir derrapagens na programação. Faz parte da história do SBT.
Sempre se falou, ainda, que o personagem, em especial, era o "funcionário mais antigo de Silvio Santos".

Hoje, certamente, SS faz parte de uma lista interminável de  pessoas que lamentaram a morte do artista.  

Este Post é

0 Comentários:

Postar um comentário