15 de abril de 2015

Após dizer que "depressivos são covardes", jornalista do SBT é demitido

Após dizer que
O jornalista e psicólogo Luiz Carlos Prates, comentarista e apresentador do SBT Santa Catarina, não faz mais parte do quadro de funcionários da emissora.

A informação foi confirmada pelo SBT Santa Catarina em comunicado enviado para a imprensa, e assinado pelo diretor de jornalismo da casa.

Segundo informações, Prates foi demitido por ter dito, no final do mês de março passado, que "depressivos eram pessoas covardes e dignas de pena" no jornal "SBT Meio-Dia", apresentado diariamente.

Com isso, Prates é demitido praticamente pelo mesmo motivo que foi pela RBSTV, afiliada da Globo no estado, em 2011: dar opiniões consideradas desrespeitosas e polêmicas.

Entenda o caso 

No último dia 30 de março, Luiz Carlos Prates falou no SBT sobre o co-piloto Andreas Lubitz, que derrubou um avião de propósito na França e matou 150 pessoas. O rapaz sofria de depressão e escondeu isso da empresa área.

Usando este caso, que é de fato uma exceção, o jornalista falou sobre depressão e acabou sendo desrespeitoso. Disse que pessoas depressivas são "covardes existenciais" e que deviam ser "execrados" e "desprezados". A Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP) emitiu nota na última quinta (2), repudiando veementemente as declarações de Prates no SBT. O Presidente da Associação, Antônio Geraldo da Silva, disse que Prates provocou um dano inestimável ao tratar o depressivo de maneira tão tosca e incentivar o desprezo à ele.

Este Post é

0 Comentários:

Postar um comentário