8 de maio de 2015

Com programação barata e enlatada, SBT intriga concorrentes e atinge boa audiência

Enlatados e reprises garantem boa audiência e faturamento ao SBT
Enquanto as emissoras buscam entregar produtos que chamem a atenção dos telespectadores e do mercado publicitário, o SBT vai na contramão numa estratégia curiosa que vem dando certo.

Se por um lado Globo e Record aumentam a cada dia a programação ao vivo e o tempo dedicado ao jornalismo, a rede de Silvio Santos recorre ao seu indispensável baú. Desenhos da década de 70 e 80, séries dos anos 90 e novelas mexicanas exibidas ad nauseam dão corpo à mistura diária.

Desde esta sexta-feira (08), uma “nova” mudança passou a valer. A sessão “Desenhos Pré-Escola”, rifada semanas atrás, está de volta na faixa das 6h. A partir daí, a grade segue a mesma: “Carrossel Animado” (7h), “Bom Dia & Cia” (9h), “As Visões da Raven” (13h30), “Casos de Família” (14h30), “Maria Esperança” (15h30), “Coração Indomável” (16h30), “A Usurpadora” (17h30) e “Chaves” (18h30).

Com exceção dos “flashs” com os apresentadores Matheus Ueta e Ana Luiza e da atração de Christina Rocha, o canal dispõe de 8h15 de programação enlatada ou reprisada durante as faixas matutina e vespertina. O ao vivo, então, é figura invisível. Diariamente, pouco mais de 5h são dedicadas ao recurso – “SBT Brasil”, “Programa do Ratinho”, “Jornal do SBT” e os dois terços iniciais do “Bom Dia…” – das 12h às 13h30, o infantil é transmitido gravado.

Ainda que esses números intriguem, a equação baixos custos/boa audiência vem dando retorno comercial à emissora. Vice-líderes, as produções mexicanas contam com os seus intervalos comerciais lotados. Séries como a protagonizada por Raven Symoné, que nos últimos dias passou a beliscar o primeiro lugar no confronto com o “Vídeo Show”, não ficam para trás.

No segmento infantil, seja com as sessões de desenhos, seja com os folhetins – “Chiquititas” e “Carrossel” -, o SBT desfruta de uma mina de ouro. Única entre as grandes redes de TV a dedicar considerável espaço ao gênero, o canal absorve a maior parte da publicidade para esse nicho.

E os telespectadores têm reagido bem, apesar de alguns criticarem esse lado TV Mofo ou Viva da TV aberta e colocarem em xeque a duração do êxito dessa estratégia. Na quinta-feira (07), “Bom Dia & Cia” (5), “As Visões da Raven” (7), “Maria Esperança” (8), “Coração Indomável” (9), “A Usurpadora” (8), “Chaves” (8) e “Carrossel” (13) registraram bons índices, oscilando entre a segunda e terceira colocações. Cada ponto equivale a 67 mil domicílios na Grande São Paulo.

Este Post é

0 Comentários:

Postar um comentário