17 de junho de 2015

Doente, intérprete de Professor Girafales faz apelo por ajuda médica: "Minhas forças acabaram"

<p>Aos 81 anos, o ator Rubén Aguirre, o Professor Girafales do seriado "Chaves", pediu ajuda à Associação Nacional de Atores do México (ANDA), nesta segunda-feira (15), por conta estar passando por problemas de saúde e estar nenhuma assistência médica.</p><p>O mexicano divulgou uma carta em espanhol intitulada "E agora quem poderá me defender ?" em suas redes sociais cobrando providências da entidade. O veterano afirmou que está há dez anos lutando pelo direito de ter assistência médica através da entidade com a qual sempre contribuiu. </p><p>"Minhas forças se acabaram. Que essa carta sirva para mostrar a responsabilidade da Associação Nacional de Atores pelo detrimento da minha saúde e da minha esposa, e as consequências de desatenção. Apelo, uma vez mais, à consciência de algum defensor social que me apoie em minha luta para fazer valer esse direito básico", afirmou.</p><p>Há uma década, Aguirre toma medicamentos para controlar doenças renais e diabetes. Há cerca de um ano, o mexicano chegou a ser internado com quadro de desidratação e anemia,</p><p>A iniciativa do veterano teve repercussão quase que imediata. Secretário da ANDA, o ator Felipe Nájera disse ao jornal "El Universal" que já havia conversado com o colega sobre o problema, reconheceu que o serviço tem falhas que devem ser corrigidas e afirmou que pretende resolver o mais rápido possível a questão do astro de "Chaves".</p><p>Relembre, nas próximas páginas, as polêmicas envolvendo os atores da série "Chaves"!</p>
Aos 81 anos, o ator Rubén Aguirre, o Professor Girafales do seriado "Chaves", pediu ajuda à Associação Nacional de Atores do México (ANDA), nesta segunda-feira (15), por conta estar passando por problemas de saúde e estar nenhuma assistência médica.

O mexicano divulgou uma carta em espanhol intitulada "E agora quem poderá me defender ?" em suas redes sociais cobrando providências da entidade. O veterano afirmou que está há dez anos lutando pelo direito de ter assistência médica através da entidade com a qual sempre contribuiu.

"Minhas forças se acabaram. Que essa carta sirva para mostrar a responsabilidade da Associação Nacional de Atores pelo detrimento da minha saúde e da minha esposa, e as consequências de desatenção. Apelo, uma vez mais, à consciência de algum defensor social que me apoie em minha luta para fazer valer esse direito básico", afirmou.

Há uma década, Aguirre toma medicamentos para controlar doenças renais e diabetes. Há cerca de um ano, o mexicano chegou a ser internado com quadro de desidratação e anemia.

A iniciativa do veterano teve repercussão quase que imediata. Secretário da ANDA, o ator Felipe Nájera disse ao jornal "El Universal" que já havia conversado com o colega sobre o problema, reconheceu que o serviço tem falhas que devem ser corrigidas e afirmou que pretende resolver o mais rápido possível a questão do astro de "Chaves".

Este Post é

0 Comentários:

Postar um comentário