8 de agosto de 2015

'É de Casa' estreia levando surra de enlatados do SBT

Era uma vez a programação infantil na Rede Globo de Televisão. A emissora carioca investe cada vez mais em programas ao vivo para vencer os produtos que vão parar na internet e também a Netflix. Por isso, estreou neste sábado, 08, o 'É de Casa'. Com três horas de duração, o programa abusou do excesso de tempo no ar e também do número de apresentadores, seis. Cada um é responsável por pautas pré-determinadas, mas para evitar bate boca, com exceção da estreia, os demais programas só terão quatro comunicadores no ar. Os outros dois restantes vão ficar responsáveis por produzirem reportagens. Por volta das 9h57, a Globo estava na terceira colocação com 3,9 pontos. SBT tinha quase o dobro, com 6,5 e Record com 5,6. Às 10h05, a Globo marcava 4 pontos, Record 5 e SBT 7 pontos na grande São Paulo. Como o programa é longo, só teremos a média final ao longo do dia.

O novo programa animou a equipe do 'Sábado Animado', em especial agora, em um momento que o SBT fechou um contrato de aluguel de horários com a Disney. Com as crianças em casa e os adultos acordando mais tarde, o 'É de Casa' vai precisar se superar nas próximas semanas para conquistar o público. Afinal, em um estreia muito anunciada, aumenta a expectativa dos telespectadores para o produto, consequentemente também tente a aumentar a audiência do mesmo.

A diretora do 'É de Casa', Vivi De Marco, explicou que o matinal tem liberdade para falar sobre todos os assuntos. "Vai ter de coisas mais óbvias, como coisas relacionadas às residências das pessoas, até discussões mais profundas, como a psicologia dos relacionamentos", explicou a profissional da direção.

Ana Furtado, Zeca Camargo, André Marques, Cissa Guimarães, Patrícia Poeta e Tiago Leifert foram bem orientados para evitarem falar um em cima do outro, mas em alguns momentos da estreia isso se tornou impossível. Alguns telespectadores reclamaram da "bagunça" nas redes sociais. S.E. do Sergipe postou em seu Facebook: "esses apresentadores do 'É de Casa precisam ser melhor dirigidos, se eles continuarem interrompendo os outros, o programa vai ficar parecido com o 'Casos de Família' do SBT.

Mas tiveram muitas pessoas que gostaram, como a dona de casa L.R. do Rio de Janeiro. "Nossa, adorei as dicas do 'É de Casa', também fiquei muito feliz com a volta da Patrícia Poeta, estava cheia de saudades dela'.

Este Post é

0 Comentários:

Postar um comentário