5 de setembro de 2015

Com 'Cúmplices de um Resgate', SBT prova que aprendeu a fazer novelas

Imagem: Divulgação / SBT / Caras
Raramente se pode dizer que o SBT executou um projeto com perfeição do início ao fim. Sílvio Santos é um dos maiores apresentadores da história da TV brasileira, isso não se discute, mas suas habilidades por trás das câmeras, sendo responsável pela grade de programação de um canal é, no mínimo, duvidosa.

Entre os muitos feitos do "patrão", destacam-se as retiradas de novelas do ar sem prévio aviso e as mudanças de horários frequente na programação, tornando-a um verdadeiro parque de diversões.

Mas, em meio a tantos desacertos, podemos estar presenciando um dos maiores (se não o maior) sucesso da dramaturgia do canal. Muitos que antes criticavam o jeito ultrapassado de Íris Abravanel escrever suas adaptações, agora, certamente, se rendem a um verdadeiro show de atuações, fotografia e trilha sonora.

Cúmplices de um Resgate veio para provar que a cansativa 'Chiquititas' foi apenas um acidente de percurso e a mesma equipe competente que produziu o sucesso estrondoso de 'Carrossel' poderia voltar com força, ou melhor, competência máxima, e voltar a produzir um conteúdo que prenda as crianças (e agora também adolescentes) na frente da TV.

A atuação de Larissa Manoela se mostra simplesmente impecável no papel das gêmeas principais, contrariando aqueles que achavam que a presença da atriz em duas novelas ao mesmo tempo ('Cúmplices' e 'Carrossel') se tornaria cansativa e enjoativa aos olhos do público. Os elogios também são merecidos a Tânia Bondezan, no papel da bondosa empregada Marina, e Maria Pinna, interpretando a "mãe" Isabela na trama.

A trilha sonora também não deixa a desejar em nenhum aspecto. Músicas como: "Alcançar a Liberdade", "Sempre Contigo" e "Superstar" já estão na ponta da língua dos telespectadores.

No quesito audiência, a trama também vem apresentando um bom desempenho. Segundo dados do IBOPE, Cúmplices de um Resgate vem conquistando o terceiro lugar no horário de sua exibição, ficando atrás apenas de "Os Dez Mandamentos" da Rede Record, e do "Jornal Nacional" da Rede Globo.

Este Post é

0 Comentários:

Postar um comentário