16 de setembro de 2015

NADA DE RECORD, SBT BOMBA NO ANO COM MAIS DE 9 MIL MINUTOS NA LIDERANÇA

O sucesso de 'Os Dez Mandamentos' do canal do bispo da Igreja Universal do Reino de Deus, Edir Macedo, a TV Record, faz muita gente acreditar que seja a emissora da Barra Funda o canal a mais vezes desbancar a Rede Globo de Televisão. Mas não tem nada disso, Silvio Santos e companhia fazem o SBT bater recorde em 2015, desbancando todas as concorrentes, tirando, é claro, o próprio canal da família Marinho. 

Record fica atrás do SBT quando o assunto é o caminho da liderança

De acordo com informações do jornalista Ricardo Feltrin em reportagem publicada nesta quarta-feira, 16, na Folha de São Paulo, a emissora que mais incomoda a liderança da TV Globo é o SBT. E a distância do canal de Silvio Santos para as outras emissoras é bem grande. 
Os índices divulgados pelo Ibope chegam a ser assustadores, colocando a Globo quase 40 vezes mais tempo na liderança do que o próprio SBT.  Entre o primeiro dia do ano até o dia 31 de agosto, a TV Globo ficou 349.920 minutos na liderança. É isso mesmo! Mais de 300 mil. Desse tempo, 333.750 minutos a emissora sequer empatou na primeira posição com outro canal. 
Isso significa que em menos de 5% do tempo em que a Globo ficou no ar, outro canal empatou ou ganhou da maior emissora do país. O SBT conseguiu uma fatia de apenas 2,59% das lideranças, mas o suficiente para ganhar mais da Globo do que a própria Record. A TV que compartilha felicidade teve 9.093 minutos em primeiro lugar.

Desenhos e dono fazem Silvio Santos ser maior concorrente da TV Globo

Os principais programas do SBT que ficam na liderança são o 'Programa Silvio Santos', o 'Bom Dia e Cia', o 'The Noite' e o 'Sábado Animado'. A Record teve mais de dois mil minutos a menos de liderança no ano do que o SBT. A emissora ficou 7.010 minutos a frente da toda poderosa. Em quarto lugar aparece a TV Bandeirantes, que só ficou 67 minutos no ano em primeiro lugar. Números pequenos, mas bem menores do que os da RedeTV!, TV Gazeta ou TV Cultura, que não conseguiram um minuto sequer para contar vantagem. 

Este Post é

0 Comentários:

Postar um comentário