18 de setembro de 2016

Delegacia afirma que fatos narrados por Paulo Zulu sobre foto vazada não constituem crime

Delegacia afirma que fatos narrados por Paulo Zulu sobre foto vazada não constituem crime
Depois de ter uma foto íntima hackeada e postada em sua conta no Instagram no último domingo (11), Paulo Zulu esteve nesta sexta-feira (16) na Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática (DRCI), no Jacaré, Rio de Janeiro, para falar sobre o assunto.

De acordo com o portal “UOL”, o DRCI informou que o modelo passou pelo local, mas que não foi feito nenhum boletim de ocorrência. “Haja vista que os fatos narrados não constituíam crime. Ele compareceu apenas para solicitar orientação”, esclareceu.

O advogado do famoso, Daniel Blank, disse que seu cliente ainda está analisando se entrará com uma queixa e que querem descobrir como a imagem acabou sendo publicada.

“A vontade dele que vai prevalecer nesta história. A gente não tem certeza do que aconteceu, por isso até que a gente está tendo uma cautela antes de registrar. A gente está buscando mais elementos. Tentando saber se outra pessoa mexeu no celular dele, esse tipo de coisas, de informações. Estamos tentando fechar o cerco antes de fazer o registro”, explicou o profissional.

Este Post é

0 Comentários:

Postar um comentário