25 de novembro de 2016

Há oito anos no ar, Christina Rocha nunca deu férias ao telespectador

Christina Rocha, que não ficou fora do ar nem um dia desde que assumiu o Casos de Família - Gabriel Cardoso/SBTNenhum apresentador da TV brasileira é tão assíduo na casa dos telespectadores quanto Christina Rocha. Há quase oito anos, ela apresenta o Casos de Família (SBT) todos os dias, de segunda a sexta, faça chuva ou faça sol, calor ou frio. Nunca tirou férias da TV, nunca reprisou um único programa. É a única apresentadora diária que não sai do ar.

Como ela consegue isso? Christina, 59 anos, e a produção do Casos de Família "economizam" um programa por semana. "A gente sempre tem uns 20 programas na frente. Saímos de férias e quando voltamos ainda tem uns seis programas prontos, inéditos", conta. "A gente sai de férias, sim, como todo mundo". As próximas serão entre o Natal e o final de janeiro.

Todas as quintas e sextas, Christina grava seis programas, um a mais do que o necessário para ocupar uma semana, numa maratona de dez horas, das 8h até as 18h30, com apenas meia hora para almoço. Em dezembro, o ritmo será ainda mais forte. "É pesado, mas a gente faz como se fosse ao vivo, grava direto, não para".

Christina nega comentários maldosos de que se submete a esse esquema para impedir que alguém a substitua e, eventualmente, tome seu lugar. "Imagina, sou uma soldado", repele, rindo. "Não tem necessidade [de substituto]. Não é um programa ao vivo, não é factual", justifica.

A apresentadora diz que se prepara muito pouco antes de gravar o Casos de Família. Não acompanha as pré-entrevistas nem pede relatórios detalhados. Recebe apenas uma ficha com o tema e as características dos participantes. Enquanto grava, recebe "detalhes" do diretor pelo ponto eletrônico.

"Não tem script, não tem roteiro. É uma caixinha de surpresas. Só sei o básico, tudo acontece na hora da gravação", afirma.

Se o Casos de Família nunca reprisa episódio, isso não quer dizer que seus temas nunca se repitam. Pelo contrário, isso é uma constante. Assuntos envolvendo homossexualidade e traição amorosa aparecem toda semana. Christina ameniza. "As histórias são parecidíssimas, mas são contadas de uma forma diferente".Follow us: @danielkastro on Twitter | noticiasdatvoficial on Facebook

Este Post é

0 Comentários:

Postar um comentário